Quando eu conto que meu bairro em Sampa mescla um ambiente familiar com uma vida pulsante, pouca gente entende. Mas a Mooca é daqueles exemplos de espaço urbano que consegue ser humano, mesmo tendo muito da megalópole.

Há tempos quero fotografar esses postes e contar a história deles, pois vi alguns serem transformados.

Faço parte dos privilegiados vizinhos da professora de pintura aposentada Norma Gonçalves. Que maravilha é morar perto de pessoas generosas assim 😊

Ah, o samba do vídeo é no bar da rua onde tudo começou, há cerca de 3 anos. Lá na fanpage tem link para uma reportagem do Bom Dia São Paulo sobre esta história da (minha) Mooca.