“Só quero o que couber em mim, sem fazer esforço para me encaixar”

🙂🙃

Vi essa frase, senti saudade do local (esse mirante em Niterói!) e pensei no quanto esse desapegar é ligado às pessoas e relacionamentos. Mas tem outro lado: os lugares, as viagens, as roupas, os livros, as coisas que não cabem na vida da gente em certo momento (às vezes por anos) e que nos fazem sofrer.

Já sofri assim? Claro!

Mas eu aprendi a viver o momento, *hojear*.

Aproveitar o hoje é deixar o que não cabe agora para ontem ou para amanhã. E também aprendi que não vale a pena viver mentalmente (em todas as séries, livros, filmes e comidinhas) em NY ou Paris e deixar a vida real sem sabor nenhum.

Quer mudar? Mexa-se, trace metas e chegue lá.

Quer ser feliz? Comece aproveitando o que está ao seu alcance e vivendo o possível.

😉